Coronavírus e os Cuidados Com os Idosos

O Coronavírus é o assunto do momento em todo o mundo. Esse vírus, que surgiu na China em dezembro do ano passado, está atingindo inúmeras pessoas em diversos países e está deixando nações preocupadas e em estado de alerta. 

Não é a toa que nos últimos dias, muitas escolas e faculdades cancelaram as aulas, diversas empresas liberaram o home office e competições esportivas foram adiadas/canceladas.

Ou seja, o assunto é sério. E mais, pessoas idosas (acima dos 60 anos), fazem parte do “grupo de risco” – são mais vulneráveis e sensíveis diante do vírus, devido a baixa imunidade, fragilidade dos pulmões e sistema imunológico deficiente.

Portanto, é de extrema importância que a população tenha consciência, empatia e que todos ajudem-se, principalmente em relação a essa parte da população.

Inclusive, locais que cuidam de pessoas da terceira idade, como um residencial para idosos, estão intensificando os cuidados diários.

E quais os cuidados que os idosos devem ter?

Com o avanço do vírus Covid-19, é fundamental que os idosos fiquem resguardados. Sendo assim, eles devem ficar em casa e evitar locais onde há aglomerações, ou seja, uma grande quantidade de pessoas.

Por isso, quem está na terceira idade não deve: ir a estabelecimentos comerciais, mercados e shoppings, à festas/celebrações, à igreja, ao cinema/teatro, à hospitais (apenas se estiver com sintomas mais agudos) e também não deve pegar transporte público.

Agora se não houver alternativa, o recomendado é escolher horários de menor movimento, usar uma máscara e andar com um álcool gel para higienizar as mãos, tanto no embarque quanto no desembarque

E, ainda nesta questão de higienização, os ambientes domésticos também precisam ser mantidos limpos e arejados.

Além disso, os idosos precisam estar com as vacinas de gripe em dia para evitar complicações.

Outros cuidados importantes

  • Afastar-se de pessoas gripadas, resfriadas e com suspeita do vírus;
  • Evitar locais com pouca ventilação;
  • Lavar sempre bem as mãos com sabão antes de uma refeição e após utilizar o banheiro;
  • Evitar contato direto com outras pessoas (apertar a mão, dar um beijo, um abraço…);
  • Não colocar a mão na boca quando for espirrar ou tossir, e sim usar a parte interna do cotovelo:
  • Manter-se fisicamente ativo;
  • Alimentar-se direito;
  • Beber bastante água diariamente.

E como ajudar os idosos nesse momento complicado? 

Diante da fragilidade desta população, familiares, amigos e conhecidos podem (e devem) dar todo o respaldo para os idosos.

Então, por exemplo, se está faltando comida para o idoso em casa ou se ele precisa de algum medicamento, vá até o mercado, ao posto de saúde ou a farmácia. Toda ajuda nesse sentido é de grande valia.

Inclusive, uma moradora de São Paulo deu um bonito exemplo esta semana. Ela deixou um bilhete no elevador do prédio onde mora, colocando-se a disposição para ajudar seus vizinhos mais velhos, caso precisem.

Redução do contato social

Devido aos cuidados e as medidas para conter a disseminação do Covid-19, é claro que haverá uma redução no contato social dos idosos. Porém, isso pode ser amenizado, principalmente com o uso de tecnologias.

Por exemplo, o WhatsApp permite fazer chamadas de voz e vídeo. Portanto, o idoso pode manter o contato e o papo em dia mesmo estando distante. O que também ajuda-o a passar por esse momento com menos sofrimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *